Avaliação da qualidade das águas de poços em comunidades e assentamentos rurais Mossoró-RN

Cristiano Rebouças Cosme, Nildo da Silva Dias, Mikhael Rangel de Souza Melo, Andler Milton de Paiva Oliveira, Gleydson de Freitas Silva, Edymara S. R. de Moura

Resumo

As águas subterrâneas são apontadas como uma alternativa viável para garantir o acesso das comunidades rurais do nordeste à água, a partir de investimentos públicos na perfuração de poços tubulares. Muitas comunidades rurais de Mossoró, RN, são abastecidas com água proveniente do aquífero Jandaíra, de elevada concentração de sais, sendo utilizada na irrigação de culturas sem o manejo adequado para o seu uso sustentável, o que pode acarretar em problemas de salinização. Devido aos impactos causados pelo uso de águas salobras na irrigação, para viabilizar a sua utilização deve-se adotar práticas de manejo da água e solo para o controle da salinidade. Desta forma de faz necessário caracterizar essas águas, para que seja possível estabelecer um manejo do sistema solo-água-planta da área irrigada. Assim, o presente trabalho objetivou avaliar a qualidade da água para fins de irrigação de comunidades rurais de Mossoró, abastecidas com águas salobras provenientes de poços tubulares, fornecendo estas informações como uma ferramenta de auxílio para o manejo adequado da utilização destas águas na irrigação. As análises dos resultados indicaram que as águas de poços de todas as comunidades apresentaram alto grau de restrição de uso para a irrigação quanto aos riscos de salinização, sodicidade e toxicidade de íons cloreto, necessitando de práticas de manejo.

Palavras-chave

Salinidade, águas salobras, irrigação.

Texto completo:

PDF