Épocas de semeadura e população de plantas para três cultivares de soja

Ary Roberto Frigeri, Edson Lazarini, Valdeci Orioli Júnior, João Victor Silva Bernardes

Resumo


A época de semeadura é um dos fatores que mais influencia os componentes de produção da soja. Porém, não menos importante, é o conhecimento do número ideal de plantas na área de cultivo. Em vista do mencionado procurou-se avaliar o comportamento de três cultivares de soja (Luziânia, IAC-19 e BRS-184), quanto às características agronômicas, em função da população de plantas (200.000, 300.000 e 400.000 plantas por ha) e épocas de semeaduras (convencional, tardia e “safrinha”). Realizou-se, para tanto, um experimento em delineamento em blocos casualizados em esquema fatorial 3 x 3 x 3 (cultivares, populações e época de semeadura), com quatro repetições. Avaliou-se a altura de plantas e de inserção das primeiras vagens, número de vagens por planta, número de ramificações por planta, número de grãos por planta e grãos por vagens, massa de 100 grãos e produção de grãos. Concluiu-se que as cultivares avaliadas podem ser utilizadas com população de 200.000 plantas ha-1 sem prejuízos na produtividade. Semeaduras em novembro ou início de dezembro devem ser realizadas para se obter boas produtividades de soja na região considerada. A semeadura em janeiro deve ser evitada em função redução do ciclo da cultura e das condições climáticas adversas, o que acaba por reduzir significativamente a produtividade da cultura.


Palavras-chave


densidade de semeadura; Glycine max (L.) Merrill; variedades

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2019 Acta Iguazu

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Revista Acta Iguazu


ISSN 2316-4093 (versão eletrônica)

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Cascavel
Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Energia na Agricultura

Rua Universitária, 1619 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110
E-mail: revista.actaiguazu@unioeste.br