VITAMINA A EM DIETAS PARA LARVAS DE JUNDIÁ RHAMDIA VOULEZI

Jhonis Ernzen Pessini, Evandro Bilha Moro, Dihego Romenig Alves Fernandes, Altevir Signor, Wilson Rogério Boscolo, Aldi Feiden

Resumo


O presente estudo objetivou avaliar a suplementação de vitamina A em dietas para larvas de jundiá Rhamdia voulezi. Foram distribuídas inteiramente ao acaso 240 larvas com peso médio de 8,63mg e comprimento médio de 10,23mm em 30 aquários com volume útil de 30L. As larvas foram alimentadas ad libtum com dietas fareladas à base de ingredientes vegetais e animais suplementadas com 0,0; 2.500; 5.000; 10.000; 20.000 e 40.000 mg de vitamina A/kg de ração. Os parâmetros físicos e químicos da água foram avaliados semanalmente e a temperatura diariamente. Foram avaliados o crescimento em peso, comprimento final médio e a sobrevivência das larvas. O período experimental foi de 30 dias. Não foram observadas diferenças significativas no crescimento em peso, comprimento final médio e sobrevivência das larvas. Foi observada uma sobrevivência relativamente baixa em todos os tratamentos, indiferente aos níveis de suplementação de vitamina A na dieta. Observou-se que para esta fase de desenvolvimento que o fornecimento de dietas práticas não leva à necessidade de suplementação de vitamina A em rações.  

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Acta Iguazu


ISSN 2316-4093 (versão eletrônica)

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Cascavel
Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Energia na Agricultura

Rua Universitária, 1619 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110
E-mail: revista.actaiguazu@unioeste.br