Carreira esportiva de nadadores: o que, onde e por quanto tempo nadar?

Graziele Maciel Jorge, Francisco Zacaron Werneck, Everton Rocha Soares, Mauro Dinis Sousa, Géssyca Tolomeu Oliveira, Ana Luiza Rocha Lisboa, Renato Melo Ferreira

Resumo

Introdução: Uma carreira esportiva apresenta diversas fases de desenvolvimento e apresentam características específicas. Uma avaliação longitudinal necessita conhecimento sobre a carreira dos atletas e resultado em competições. Objetivo: Analisar os resultados da carreira de nadadores do Estado de Minas Gerais, durante o período de 2002 à 2016, e identificar as preferências competitivas (tipos de prova), transferências para outros clubes e o momento do abandono desses nadadores. Método: Foram analisados os resultados das principais competições estaduais da carreira esportiva de 4756 nadadores. Os dados foram coletados no site da federação estadual e transcritos em uma tabela, foi realizada análise descritiva e inferencial. Resultados: A partir da análise dos resultados, das categorias mirim à sênior, foi possível estabelecer que os atletas optam por competir em menores distâncias e no nado livre, que o tempo para se transferirem de um clube é de dois anos e que o abandono ocorre próximo aos 14 anos. Conclusão: Conclui-se que que os atletas preferem provas de velocidade, que a carreira da maioria dos atletas é breve, e que os melhores resultados precedem o abandono, aos 14 anos.

 

ABSTRACT. Sports career for swimmers: what, where and how long will swim? Background: A sports career has several developmental stages and specific characteristics. A longitudinal assessment needs knowledge about the athletes’ career and results in competitions. Objective: To analyze the career outcomes of swimmers from the State of Minas Gerais, from 2002 to 2016, and to identify competitive preferences (types of events), transfers to other clubs and the timing of their abandonment. Method: The results of the main state sports competitions of 4756 swimmers were analyzed. Data were collected from the state federation’s website and transcribed in a table. Descriptive and inferential analysis was performed. Results: From the analysis of the results, from child to senior categories, it was possible to establish that athletes choose to compete in shorter distances and freestyle, that the time to transfer from a club is two years and that abandonment occurs close to 14 years old. Conclusion: It is concluded that athletes prefer short distance events, that the career of most athletes is short, and that the best results precede abandonment at 14 years.

Palavras-chave

Natação; Estudos Longitudinais; Atletas

Texto completo:

PDF

Referências

ALLEN, S. V.; VANDENBOGAERDE, T. J.; HOPKINS, W. G. Career performance trajectories of olympic swimmers: Benchmarks for talent development. European Journal of Sport Science, Cologne, v. 14, n. 7, p. 643-51, 2014a.

ALLEN, S. V.; VANDENBOGAERDE, T. J.; HOPKINS, W. G. The performance effect of centralizing nation’s elite swim program. International Journal of Sports Physiology and Performance, Champaign, v. 10, n. 2, p. 198-203, 2014b.

ASA. Amateur Swimming Association. The swimmer pathway: long term athlete development. Loughborough: ASA, 2003.

BALYI, I. Quadrennial and double quadrennial palnning of athletic training. Victoria: Canadian Coaches Association, 1990.

BALYI, I.; WAY, R.; HIGGS, C. Long term athlete development. Champaing: Human Kinetics, 2013.

BARBOSA, T. M.; COSTA, M. J.; MEJIAS, E.; MARINHO, D. A.; LOURO, H.; SILVA, A. J. Pico da carreira desportiva em nadadores de nível mundial: análise das idades dos participantes nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008. Motricidade, Santa Maria da Feira, v. 8, n. 4, p. 52-61, 2012.

BLOOM, B. S. Developing talent in young people. New York: Ballantine Books, 1985.

CAFRUNI, C.; MARQUES, A.; GAYA, A. Análise da carreira desportiva de atletas das regiões sul e sudeste do Brasil. Estudo dos resultados desportivos nas etapas de formação. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, Porto, v. 6, n. 1, p. 55-64, 2006.

CAVALCANTI, E. A.; CAPRARO, A. M. Transferências internacionais no futebol: Um estudo de caso comparativo entre os maiores clubes europeus e brasileiros. Revista Brasileira de Futebol e Futsal, São Paulo, v. 7, n. 23, p. 3-15, 2015.

COLANTONIO, E. Detecção, Seleção e promoção de talento esportivo: considerações sobre a natação. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília, v. 15, n. 1, p. 127-35, 2007.

COSTA, M. S. F., OLIVEIRA, S. F. M., FARAH, B. Q., GUIMARÃES, F. J. S. P., SANTOS, M. A. M. Síndrome do bornout entre jovens nadadores: frequências de sentimentos independentes do gênero e da categoria de competição. Revista de Educação Física, Maringá, v. 25 n. 2, p. 173-80, 2014.

CÔTÉ, J. The influence of the family in the development of talent in sport. The Sport Pysichologist, Champaign, v. 13, n. 4, p. 395-417, 1999.

CÔTÉ, J.; MACDONALD, D. J.; BAKER, J.; ABERNETHY, B. When “where” is more important than “when”: birthplace and birthdate effects on the achievement of sporting expertise. Journal of Sports Sciences, London, v. 24, n. 10, p. 1065-73, 2006.

DORMEHL, S. J.; ROBERTSON, S. J.; WILLIAMS, C. A. Modelling the Progression of Male Swimmers’ Performances through Adolescence. Sports, Basel, v. 4, n. 2, p. 1-9, 2016.

ERICSSON, K.A.; KRAMPE, R.T.; TESCH-ROMER, C. The role of deliberate practice in the acquisition of expert performance. Psychological Review, Whasington, v. 100, n. 3, p. 363-406, 1993.

FERREIRA, R. M.; PENNA, E. M.; COSTA, V. T.; MORAES, L. C. C. A. Nadadores medalhistas olímpicos: contexto do desenvolvimento brasileiro. Motriz, Rio Claro, v. 18, n. 1, p. 130-42, 2012.

GRANGE, J.; GORDON, R. Sucess in long term: long term athlete development related to the journey through swimming, Loughbouroug: ASA, 2004. Disponível em: . Acessado em: 01 de agosto de 2019.

GULBIN, J.; WEISSENSTEINER, J.; OLDENZIEL, K.; GANGNÉ, F. Patterns of performance development in elite athletes. European Journal of Sport Science, Cologne, v. 13, n. 6, p. 605-14, 2013.

GÜLLICH, A.; EMRICH, E. Considering long-term sustainability in the development of world class success. European Journal of Sport Science, Cologne, v. 14, p. 383-97, 2012.

LANG, M.; LIGHT, R. Interpreting and Implementing the Long Term Athlete Development Model: English Swimming Coaches’ Views on the (Swimming) LTAD in Practice. International Journal of Sports Science & Coaching, London, v. 5, n. 3, p. 389-402, 2010.

LAZARINI, L. H. Natação: Iniciação desportiva e planejamento a longo prazo. Revista Treinamento Desportivo, Guarulhos, v. 2, n. 3, p. 45-50. 1997

MAGLISCHO, E. W. Nadando o mais rápido possível. São Paulo: Manole, 2010.

OLIVEIRA, G. S.; ARAÚJO JUNIOR, I. P.; ANDRIES JUNIOR, O.; BARTHOLOMEU NETO, J.; CIELO, F. L. A Relação entre Especialização Precoce e o Abandono Prematuro da Natação. Movimento & Percepção, Espirito do Santo Espinhal, v. 8, n. 11, p. 307-22, 2007.

PIRES, D. A.; BRANDÃO, M. R. F.; SILVA, C. B. Validação do questionário de burnout para atletas. Revista de Educação Física, Maringá, v. 17, n. 1, p. 27-36, 2006.

REIS, C. P.; COSTA, V. T.; NOCE, F.; FERREIRA, M. C. C.; MORAES, L. C. C. A. A formação de atletas de basquetebol: quantificação do tempo de prática e do número de jogos. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 29, n. 4, p. 663-73, 2015.

SAMULSKI, D.; COSTA, L.; SIMOLA R. Overtrainig e recuperação. In: SAMULSKI, D. (Org.). Psicologia do esporte: Conceitos e novas perspectivas. São Paulo: Manole, 2009. p. 405-28.

SAMULSKI, D.; MARQUES, M. Planejamento da carreira esportiva. In: SAMULSKI, D. (Org.). Psicologia do Esporte: Conceitos e novas perspectivas. São Paulo: Manole, 2009. p. 447-60.

STAMBULOVA, N.; ALFERMANN, D. Career transitions and career termination. In: TENENBAUM, G.; EKLUND, R. C. (Eds.). Handbook of sport psychology. New Jersey: John Wiley & Sons, 2012. p. 712-33.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário
';