MOTIVOS DE PRÁTICA DO TRIATLO: UM ESTUDO COM ATLETAS DE SANTA CATARINA

Patrik Felipe Nazario, Bruno Boppré Besen, Glauber Carvalho Nobre, Marucs Vinicius Mizoguchi

Resumo


Este estudo apresenta quais fatores motivacionais são considerados mais importantes para a prática do triatlo em Santa Catarina através da aplicação do questionário Escala de Motivos para a Prática Esportiva (EMPE), adaptado por Barroso (2007) entre 47 triatletas do sexo masculino, com faixa etária compreendida entre 18 e 49 anos. Investigou-se ainda a variável tempo de prática. Os resultados indicaram que os fatores mais importantes são Saúde, Condicionamento Físico e Técnica, não houve diferença estatística significativa entre estes três domínios (p>0,050). Subsequentemente, os fatores Energia, Afiliação, Contexto e Status apareceram com um menor grau de importância. Conclui-se que o conhecimento dos fatores que envolvem a motivação é de grande importância para técnicos e treinadores, pois proporciona subsídios necessários para a estimulação de programas e treinos específicos voltados ao interesse do praticante, a fim de tornar sua prática mais alegre e duradoura.

Palavras-chave


Motivação; Prática; Atletas; Triatlo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário ';



Direitos autorais



Caderno de Educação Física e Esporte

Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE)

Campus de Marechal Cândido Rondon

Rua Pernambuco, 1777 | Centro

Marechal Cândido Rondon | Paraná | 85960-000

F: (45) 3284 7855

E-mail: revista.cefe@unioeste.br

Facebook: https://www.facebook.com/RevistaCEFE/