ANÁLISE DA COMPETITIVIDADE DAS EXPORTAÇÕES GAÚCHAS PARA A CHINA (1999-2013)

Mygre Lopes da Silva, Rodrigo Abbade da Silva, Bruno Pereira Conte, Nadine Gerhardt Lermen, Daniel Arruda Coronel, Reisoli Bender Filho

Resumo


Resumo: O objetivo deste trabalho consiste em analisar a competitividade das exportações gaúchas para a China, de soja em grão e fumo, no período de 1999 a 2013. Especificamente, parte-se da compreensão da orientação destas exportações e da especialização do estado na exportação destas commodities. O método utilizado baseia-se no cálculo dos indicadores de competitividade aplicados ao comércio internacional: Índice de Orientação Regional (IOR) e Índice de Contribuição do Saldo Comercial (CS). Os resultados indicam a importância do mercado importador chinês para as exportações gaúchas de ambos os produtos. Além disso, indica-se a ampliação da dependência do setor gaúcho exportador de soja da China. Para o setor do fumo, observa-se comportamento inverso. As medidas de desestímulo ao setor fumageiro adotadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) acarretam a orientação decrescente das exportações gaúchas de fumo à China. A contribuição ao saldo comercial dos dois produtos é significativa, corroborando com a ampliação do mercado exportador de soja, devido à elevada demanda mundial e retração do mercado fumageiro, o qual foi afetado pelas políticas da OMS. Em suma, o mercado de soja mostra-se em crescimento, especialmente em relação à demanda chinesa, e o de fumo apresenta declínio.

 

 

Palavras-chave: Competitividade; Exportações Gaúchas; Indicadores de Comércio Internacional.


Palavras-chave


Competitividade; Exportações Gaúchas; Indicadores de Comércio Internacional.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5935/rcsp.v14i27.12055

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais