Percepções e atitudes políticas dos cidadãos frente ao desenvolvimento sustentável

Angelita Fialho Silveira, Douglas Santos Alves, Maria Salete Souza de Amorim

Resumo

No contexto latino-americano, o desenvolvimento sustentável pressupõe uma maior distribuição de renda e um processo de redução da pobreza e das desigualdades sociais. Uma economia sustentável, do ponto de vista ambiental, é uma economia que não destrói as suas próprias condições de existência e, do ponto de vista político, aquela que prioriza projetos estratégicos na resolução dos problemas sócio-ambientais e na melhoria da qualidade de vida. Trata-se de um desenvolvimento includente e sustentado, que agrega iniciativas de inclusão social, de bem-estar econômico e de preservação ambiental. A partir de pesquisa empírica realizada em Porto Alegre, objetiva-se verificar o impacto das desigualdades sociais na percepção e na configuração dos comportamentos e das atitudes dos cidadãos em relação a sustentabilidade das sociedades.

Palavras-chave

Desenvolvimento sustentável; Desigualdades sociais; Qualidade de vida; Atitude política.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.