Atratividade e polarização nas mesorregiões do Estado do Paraná

Sandra Mara Pereira, Jandir Ferrera de Lima

Resumo

Este artigo analisa a atratividade e a polarização nas mesorregiões do Estado do Paraná. Como ferramentas metodológicas, foram utilizados o modelo gravitacional e o índice de Hirschman-Herfindahl, para mensurar a atração e a concentração das atividades produtivas nas mesorregiões. Os resultados da pesquisa demonstraram que as cidades-pólo de cada mesorregião são mais atrativas e concentradoras das atividades produtivas. A sua capacidade de atração aumentou no período estudado demonstrando que a polarização se fortaleceu na economia paranaense.

Palavras-chave

Economia regional; desenvolvimento regional; economia brasileira

Texto completo:

PDF