A CORRUPÇÃO COMO FATOR DE DESIGUALDADE NA POLÍTICA BRASILEIRA

Rita Cássia Biason

Resumo

Este trabalho tem por objetivo analisar a corrupção e sua intrínseca relação com a desigualdade política.  Partimos da premissa que a “pequena” corrupção segundo definição de Arnold Heidnheimer, como o clientelismo e a troca de favores que ocorrem na política brasileira, são elementos que contribuem para a manutenção da estrutura de desigualdade na medida em que as classes menos favorecidas participam dos benefícios dessa  corrupção, em troca de votos. Essas práticas têm contribuído para a manutenção da desigualdade social e política no Brasil.    

Palavras-chave

Corrupção, Clientelismo, Desigualdade Política.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.