ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS: COMPARATIVO ENTRE GERENTES DO SEXO FEMININO E MASCULINO

Lígia Maria Heinzmann, Kellen Cristine Maders Knaack, Rita Buzzi Rausch

Resumo

O objetivo da pesquisa foi analisar algumas das práticas de administração de recursos humanos sobre a percepção de gerentes do sexo feminino e do sexo masculino. A pesquisa foi realizada em uma empresa prestadora de serviços da região oeste do Estado do Paraná. A pesquisa enquadra-se como exploratória e de abordagem qualitativa. Para a coleta dos dados, aplicou-se um questionário aos nove gerentes das cinco unidades da empresa (três do sexo feminino e seis do masculino). Para as oportunidades a nível gerencial e assessorias, a empresa busca profissionais com especializações e para as demais vagas buscam profissionais graduados ou graduandos. Com relação ao comparativo de respostas de gerentes do sexo feminino e do masculino quanto aos fatores que dificultam a ascensão profissional, em partes as respostas foram distintas. Quanto as características de um gerente competente, os gerentes do sexo feminino apontam como principais: habilidades multifuncionais e gerar resultados; os gerentes do sexo masculino, convergem na característica de gerar resultados e divergem nas demais. Entre os pontos a serem aprimorados, os gerentes do sexo feminino citaram a instabilidade emocional, ações por impulso, preocupação excessiva e a centralização de tarefas; os do sexo masculino não mencionaram pontos a serem aprimorados.

Palavras-chave

Habilidades multifuncionais; Recursos humanos; Resultados

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.