LEGITIMIDADE INSTITUCIONAL DAS ESTRATÉGIAS EM GESTÃO AMBIENTAL: ESTUDO DE CASO EM UMA ORGANIZAÇÃO DE SAÚDE

Vanessa Almeida da Silva, Vinícius Ceregati Costa, Aline Eggres de Castro, Clandia Maffini Gomes

Resumo

O estudo teve como objetivo caracterizar o sistema de gestão ambiental da Casa da Aids, da Fundação Zerbini, na percepção dos gestores, buscando-se identificar as principais políticas, estratégias e práticas relacionadas à gestão ambiental. Devido à sua atuação na área de saúde, a Casa da Aids, possui características próprias que lhe conferem especificidades no trato com pacientes sujeitos a vários tipos de infecções, bem como às condições de trabalho dos funcionários, os quais frequentemente estão expostos aos agentes causadores das doenças. A pesquisa caracterizou-se como um estudo de caso, envolvendo as opiniões e percepções dos gestores da organização quanto às políticas ambientais adotadas pela Casa da Aids. A conclusão do estudo demonstrou que apesar da inexistência de uma política ambiental formalmente estabelecida, há uma forte preocupação por parte dos gestores da organização com a adoção de práticas ambientais que reflitam a responsabilidade social da organização, enfatizando a importância de uma imagem legitimada institucionalmente na sociedade.

Palavras-chave

Gestão ambiental; Legitimidade institucional; Organizações de saúde

Texto completo:

PDF PDF