CONGRUÊNCIAS E DIVERGÊNCIAS NA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO ORGANIZACIONAL EM PESQUISAS PUBLICADAS EM PERIÓDICOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS

Sandro César Bortoluzzi, Sandra Rolim Ensslin, Leonardo Ensslin

Resumo

O presente trabalho tem o objetivo de investigar as diferentes perspectivas segundo as quais a avaliação de desempenho organizacional (ADO) tem sido explorada nos artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais. Para tal, esta pesquisa de caráter exploratório qualitativo analisou 54 artigos. Os principais resultados encontrados são: (i) a maioria dos artigos pesquisados não apresenta conceito de Avaliação de Desempenho (AD) e os autores não buscam afiliar-se a conceitos existentes; (ii) os artigos que apresentam conceito de ADO usam conceitos genéricos; (iii) nas publicações nacionais existem conflitos de entendimento quanto às características e elementos que devem ser considerados em um sistema de ADO, principalmente no que diz respeito à objetividade versus subjetividade; avaliar aspectos tangíveis versus intangíveis; levar em consideração as particularidades da empresa versus construir modelos universais; avaliação qualitativa versus quantitativa; uso de medidas financeiras versus medidas não financeiras e levar em consideração o ambiente interno versus ambiente externo. Já nas publicações internacionais verificou-se a congruência para a análise dos aspectos estratégicos e operacionais da organização; e (iv) o Balanced Sorecard é a ferramenta mais utilizada nos artigos (nacionais e internacionais).

Palavras-chave

avaliação de desempenho; periódicos nacionais e internacionais; congruências e divergências.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.