FATORES QUE DIFICULTAM A GESTÃO EM EMPRESAS FAMILIARES: UM ESTUDO EM UMA PRESTADORA DE SERVIÇOS DE RH

Paula Coaglio de Miranda Silva, Danilo de Melo Costa, Francisco Vidal Barbosa

Resumo

As empresas familiares enfrentam, por essência, vários desafios. Além de se preocuparem com a concorrência e todas as outras forças que norteiam o mercado, as relações profissionais colidem freqüentemente com as relações de parentesco, gerando uma informalidade ineficaz para qualquer organização. Partindo desta premissa, o presente artigo visa estudar as dificuldades de gestão em uma empresa familiar da área de recursos humanos e verificar o que impede o crescimento da empresa, analisando fatores como a influência dos parentes na empresa, o modelo de gestão adotado pelo diretor da empresa, desafios para implantação de novos processos, dentre outras peculiaridades. Para isso foi utilizada a entrevista e a observação individual. Constatou-se que na empresa estudada existe uma inerente dificuldade de gestão que esbarra nas relações familiares, além do mais, ausência de treinamentos e diferenças salariais criam um conflito interno entre os funcionários-parentes e os demais colaboradores.

Palavras-chave

Empresas familiares; Dificuldade de gestão; Gestão estratégica; Empresa de recursos humanos; Prestadora de serviço

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.