A EDUCAÇÃO CONTEMPORÂNEA NA CONTRA-CORRENTE DA COMPLEXIDADE E O RESGATE DA AUTO-CONSTITUIÇÃO

Nize Maria Campos Pellanda

Resumo

O presente artigo foi organizado de forma a responder questões sobre o sofrimento dos alunos na escola em decorrência de ser esta uma instituição que não contempla necessidades fundamentais dos seres humanos. Parte-se dos pressupostos teóricos oriundos do Paradigma da Complexidade e, mais especificamente, aqueles que constituem a  Cibernética de Segunda Ordem que hoje estão embasando importantes pesquisas nas neurociências. Com base em dados empíricos coletados em escolas do Ensino Fundamental, levantam-se hipóteses sobre as conseqüências epistêmicas e ontológicas que se transformam em impedimentos de conhecer e de subjetivar-se.

Palavras-chave: complexidade- cognição- subjetivação- autopoiesis

Palavras-chave

complexidade- cognição- subjetivação- autopoiesis

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.