Padrão de Especialização do Comércio Internacional de Minas Gerais (1999-2014)

Mygre Lopes da Silva, Rodrigo Abbade da Silva, Daniel Arruda Coronel

Resumo


Este trabalho busca analisar o padrão de especialização do comércio internacional do estado de Minas Gerais, identificando os setores produtivos mais dinâmicos, no período entre 1999 e 2014. Para isso, calcularam-se os indicadores de Vantagem Comparativa Revelada Simétrica (IVCRS), de Comércio Intraindústria (CII), de Concentração Setorial das Exportações (ICS) e Taxa de Cobertura das Importações (TC), com os dados obtidos da Secretaria de Comércio Exterior - SECEX. Os resultados indicaram que a pauta exportadora continua a ser predominantemente composta por setores baseados em recursos naturais, como o setor mineral, de alimentos e madeira. Porém outros setores com maior valor agregado também são representativos nas exportações mineiras, como o setor de material de transporte, metais comuns, calçados/couro e de papel. Além disso, é possível constatar que os setores especializados no comércio internacional são aqueles que apresentam vantagens comparativas convencionais, embora se constate a existência de comércio intraindústria em setores específicos.


Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Administração - Mestrado Profissional

Contato com o editor:

Prof. Dr. Ivano Ribeiro | ivano.adm@gmail.com

+55 45 32203229