ECOTURISMO: CONTRIBUIÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO E CONSERVAÇÃO DA APA (ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL) DOS PARRACHOS DE RIO DO FOGO/RN

SAIONARA BRANCO BOLSON, MARIA PASCOA DO VALE, JOSE HUMBERTO SILVA DOS SANTOS, KÊNIA PEREIRA NUNES

Resumo

O presente trabalho se propôs identificar as contribuições do ecoturismo e os entraves no desenvolvimento e conservação da APA (Área de Proteção Ambiental), do município de Rio do Fogo/RN. O estudo foi realizado a partir de levantamento bibliográfico e documental, e também a partir da pesquisa de campo na localidade (município de Rio do Fogo/RN) realizada no mês novembro de 2013. Como base metodológica, se privilegiou a abordagem qualitativa. Os resultados apontaram que é necessário fazer um planejamento voltado para a conscientização da população local, visto que, estes são os principais responsáveis pela poluição existente nos Parrachos, como também levar o conhecimento acerca da prática do ecoturismo os benefícios e os impactos que esta modalidade do turismo traz para as áreas de conservação. Constatou-se que existe a participação do poder público nas políticas de desenvolvimento do município, porém, a população desconhece ou não tem acesso. As iniciativas locais revelam estratégias imediatistas sem planejamento e visão a longo prazo. Conclui-se que, mesmo incipiente no Estado, o Ecoturismo, sobretudo na APA dos Parrachos de Rio do Fogo/RN, tem grandes possibilidades de se transformar em produto ecoturístico, mas torna-se necessária a criação de uma gestão participativa, que entenda não somente o poder de órgãos públicos locais, mas o conjunto de poderes instituídos, a sociedade civil organizada, outras esferas sociais, o poder público estadual e federal.

Palavras-chave

Área de Proteção Ambiental. Ecoturismo. Parrachos.

Texto completo:

PDF