DO SUL GEOGRÁFICO AO SUL EPISTEMOLÓGICO: REFLEXÕES SOBRE O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI

Verônica Salgueiro do Nascimento, Lúcia Rabello de Castro, Nara Maria Forte Diogo Rocha, Domingos Arthur Feitosa Petrola

Resumo

Estabelecendo um diálogo entre a Educação Dialógica de Paulo Freire e as Epistemologias do Sul apresenta-se discussão a respeito da expansão universitária para o interior do Estado do Ceará, nordeste Brasileiro. É discutida a construção de um Programa de Pós-Graduação que focaliza o Desenvolvimento Sustentável no sertão cearense como pretexto para tematizar possíveis resistências dentro do paradigma emergente. A metodologia adotada  alinha-se com o referencial da pesquisa qualitativa, a partir da experiência de Grupos Focais e de entrevistas em profundidade com a utilização de um roteiro semiestruturado. Dos resultados encontrados, observa-se que o pensamento freiriano comparece na identificação dos inéditos viáveis como os pontos de tensionamento possíveis a serem experimentados na construção de uma Universidade que se volte para a realidade local e que, assim produz saberes válidos. Conclui-se que a leitura dialógica da construção do conhecimento que Freire propõe apresenta-se como diretriz a ser adotada para uma aproximação do horizonte utópico da transformação social e da própria universidade.

Palavras-chave

Universidade; Inédito-Viavel; Desenvolvimento Local Sustentável

Texto completo:

PDF