INTERDISCIPLINARIDADE E FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE FÍSICA, MATEMÁTICA, PORTUGUÊS E INGLÊS: IMPLICAÇÕES DE NEGOCIAÇÕES

Noemi Sutil

Resumo

Neste trabalho, apresenta-se um processo de pesquisa-ação desenvolvido entre coordenador, estudantes de cursos de licenciatura e professores da Educação Básica das áreas de Física, Matemática, Língua Portuguesa e Língua Inglesa, no âmbito do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) Interdisciplinar, em Curitiba, Paraná, entre os meses de março a dezembro de 2015. Esse processo envolveu momentos de planejamento, ação, observação e reflexão no desenvolvimento de uma proposta interdisciplinar envolvendo as referidas áreas. A concepção formativa inerente a esse processo agrega pressupostos das teorias da Ação Dialógica, de Paulo Freire, da Ação Comunicativa, de Jürgen Habermas, e da Aprendizagem Significativa, de David Ausubel e colaboradores. No escopo desses referenciais teóricos, destaca-se a compreensão de formação de professores associada a negociações envolvendo aspectos explicativos, objetivos, sociais e subjetivos. Os sujeitos nesse processo se envolveram na análise e construção de conhecimentos, de regulamentações e atitudes, com a ampliação de aspectos conceituais e lingüísticos. Os dados analisados e apresentados neste trabalho foram constituídos por meio de registros escritos em diário de campo, gravações em áudio e vídeo, e-mails, questionários e documentos elaborados pelos sujeitos envolvidos no processo. A análise de dados envolveu pressupostos e características de Análise de Conteúdo e de Estudo de Textos e Discursos Argumentativos. Destacam-se possibilidades formativas associadas à ampliação de espaços comunicativos entre sujeitos de áreas diferentes e ao estabelecimento de relações entre perspectivas diversas.

Palavras-chave

Interdisciplinaridade; Formação de professores; Negociações

Texto completo:

PDF