DEPENDÊNCIA ESTRUTURAL E PRECARIEDADE LABORAL NA AMÉRICA LATINA DURANTE O NEOLIBERALISMO SELVAGEM

Adrián Sotelo Valencia

Resumo

A situação de dependência na América Latina exacerba a condição de precariedade do mundo do trabalho e, en geral, da vida humana e social em tudo o mundo. Uma condição que coloca os trabalhadores no pior dos mundo posíveis na media que elos são superexplorados pelo capital e, também, pelo Estado. A fratura social influi na politica e provoca graves problemas estruturais na organização e luta dos trabalhadores contra a precariedade laboral e social.

Texto completo:

PDF