O IMPULSO NEOLIBERAL E NEOCONSERVADOR NA EDUCAÇÃO BRASILEIRA: A IMAGEM DO “PROFESSOR DOUTRINADOR” E O PROJETO “ESCOLA SEM PARTIDO”

Carla Viviane Paulino

Resumo


 

                                                                                                                                                                                                    

RESUMO:

Este artigo tem por objetivo proceder à análise de discursos e de imagens produzidas por apoiadores e militantes do movimento Escola Sem Partido acerca do papel do professor, especialmente as produções que o definem como um profissional cujo objetivo é o dogma de alunos, conduzindo-os a se identificar com o pensamento político e filosófico marxista. Veremos que o discurso apresentado pelos apoiadores do movimento demonstra, ao contrário do que a proposta oficial do mesmo indica, posições políticas que nos remetem a ideologias conservadoras e/ou neoliberais. Por fim, analisaremos um movimento semelhante aos Escola sem Partido nos Estados Unidos, o “No doctrination”, a fim de avaliar o impacto deste na educação norte-americana.

Palavras chave: Escola Sem Partido, Educação, Conservadorismo 


Palavras-chave


Escola Sem Partido, Educação, Conservadorismo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.17648/educare.v13i28.18731

Direitos autorais 2018 Educere et Educare

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

______________________________________________________________

Revista Educere et Educare

e-ISSN 1981-4712 — ISSN 1809-5208
Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Cascavel
Programa de Pós-Graduação em Educação

Rua Universitária, 2069 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110
E-mail: educereeteducare@gmail.com