A ORIENTAÇÃO DA AÇÃO NO CONTEXTO DE TEORIA DE P. YA. GALPERIN COMO CONSTRUCTO DA PESQUISA EDUCACIONAL EM CIÊNCIAS: PERSPECTIVAS A PARTIR DO ESTADO DA QUESTÃO.

Alessandro Augusto Barros Façanha, Isauro Beltrán Nuñez

Resumo

Este estudo investiga o estado da questão relacionado ao conhecimento científico produzido sobre o conceito de Orientação da Ação de P. Ya. Galperin com o propósito de sua revisão como objeto de investigação e constructo de pesquisa na perspectiva do campo teórico do ensino das Ciências e seus desdobramentos. Foi realizada uma revisão do estado da questão que envolve a orientação da ação a partir de seu campo conceitual, epistemológico e metodológico a partir do levantamento de dados e produções em bases indexadas, eventos de natureza científica e bancos de dissertações e teses a fim de delimitar a natureza da produção de conhecimento na última década e sua potencialidade enquanto objeto de pesquisa e conhecimento no contexto das ciências naturais. O resultado expõe um recorte do atual estado da questão que envolve as produções do conhecimento em torno da orientação da ação no contexto do ensino das ciências cujos dados correlacionam o objeto em função de categorias que derivam da teoria da atividade, da perspectiva histórico-cultural, do desenvolvimento de habilidades cognitivas e assimilação de conceitos, demonstrando que a orientação da ação é um objeto presente em diversas linhas de investigação relativas ao ensino das Ciências.

Palavras-chave

Orientação da ação, estado da questão, P. Ya. Galperin.

Texto completo:

PDF