O ENSINO CONCEITUAL DE FÍSICA E A APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA: UMA REVISÃO ATUALIZADA DA PRODUÇÃO ACADÊMICA

Diego de Oliveira Silva, Gilvandenys Leite Sales

Resumo

No ensino de Física faz-se necessário fornecer meios que possam colaborar com transformações nas estruturas cognitivas do aluno, e que o conduza a pensamentos mais complexos. Este processo envolve a evolução de conceitos, que pode ser facilitado por uma série de recursos, digitais ou não, que possibilitem uma aprendizagem significativa do tema. Para tanto, o presente artigo se propõe a analisar os trabalhos publicados em um período de 12 anos sobre o ensino conceitual de Física e suas relações com a aprendizagem significativa. Para isto, foi realizada uma busca por artigos que apresentassem estudos de caso relatando a implementação de ações voltadas à evolução de conceitos, ao mapeamento das pré concepções trazidas pelos estudantes ou à utilização de ferramentas que possam facilitar uma evolução destes conceitos. Dos 20 trabalhos analisados, metade foi implementada no Ensino Médio. Os outros estudos foram realizados em estudantes de Nível Superior ou de Pós-Graduação. Os resultados dessa revisão da literatura indicam que elementos da aprendizagem significativa podem ser encontrados na maioria dos estudos relacionados ao enriquecimento de conceitos. Além disso, é possível notar uma preocupação recorrente em trabalhar a formação de professores que abordem os conhecimentos físicos de maneira conceitual e reflexiva. A aprendizagem significativa, apesar de ser uma teoria já bastante abordada nas últimas décadas, não deve ser entendida como uma noção trivial, mas sim como um conceito supra-teórico às teorias construtivistas de aprendizagem. 

Palavras-chave

Evolução Conceitual; Aprendizagem Significativa; Ensino de Física

Texto completo:

PDF