O QUE DIZ O TEOREMA DA INCOMPLETUDE DE GÖDEL PARA LICENCIANDOS EM MATEMÁTICA

Rosemeire de Fatima Batistela, Maria Aparecida Viggiani Bicudo

Resumo


Neste artigo são expostos os achados de uma investigação sobre o sentido que o teorema da incompletude de Gödel fez para licenciandos em Matemática e o que, para eles, se mostrou relevante a respeito do teorema da incompletude de Gödel e o ensino de matemática. Os dados foram construídos junto aos estudantes matriculados numa disciplina do oitavo semestre que vivenciaram as atividades e aulas elaboradas por nós e planejadas para 8 horas e 12 horas, respectivamente, nos semestres de 2017.2 e 2018.2, de uma universidade estadual da Bahia. A ideia incompletude de Gödel é entendida pelos estudantes: como uma limitação da Matemática no modo de produzir conhecimento; como a Matemática estando em movimento de completar-se, o que a afasta da visão de uma ciência exata e soberana; como importante para compreender a constituição dos objetos matemáticos, a sua estrutura; como importante para entender o modo de produção de conhecimento matemático; como trazendo ao debate questões filosóficas da Matemática e da Educação Matemática.

Palavras-chave


Educação Matemática; Filosofia da Matemática; Teorema da Incompletude; Formação de professores.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.17648/educare.v15i33.22511

Direitos autorais 2020 Educere et Educare

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

______________________________________________________________

Revista Educere et Educare

e-ISSN 1981-4712 — ISSN 1809-5208
Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Cascavel
Programa de Pós-Graduação em Educação

Rua Universitária, 2069 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110
E-mail: educereeteducare@gmail.com