A COMUNICAÇÃO INTERNA COMO RECURSO DE FORTALECIMENTO DA CULTURA ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO DE CASO

Anna Puebla Vitkoski Fagotti, Fabiana Regina Veloso Bíscoli

Resumo

Com a eficiência da Comunicação Interna (CI) é possível que gestores consigam influenciar positivamente no comprometimento dos colaboradores com a instituição, internalizando as práticas desejadas, que passam a fazer parte das rotinas de trabalho. Ao planejar a CI os gestores devem inserir os valores culturais da organização, enviando aos colaboradores, de variadas formas, mensagens sobre o que a instituição espera deles. Com estas prerrogativas o presente trabalho objetivou identificar, na CI da Unioeste/Campus de Toledo, alguns vetores para transmissão dos valores culturais. Assim, esta pesquisa caracterizou-se como um estudo de caso, de natureza exploratória, utilizou-se da aplicação de questionários a todos os funcionários e ocupantes de cargos de chefia da Unioeste. Observou-se que há algumas falhas no processo de CI, as quais comprometem as ações e o alcance dos objetivos institucionais, e levam à falta de envolvimento e comprometimento dos atores envolvidos. Também verificou-se que os respondentes acreditam que a CI é um canal apropriado para a disseminação de informações institucionais, podendo ser utilizado para planejar a inserção de valores culturais.

Texto completo:

PDF