O COOPERATIVISMO DE LEITE DA AGRICULTURA FAMILIAR NO SUDOESTE DO PARANÁ: DO PROCESSO ORGANIZACIONAL À CRISE

Leomar Rippel, Adilson Francelino Alves, Clério Plein

Resumo


O objetivo deste artigo é fazer uma análise do surgimento, ascensão, apogeu e crise das cooperativas de leite da agricultura familiar no Sudoeste do Paraná. O método de investigação consistiu de pesquisa bibliográfica associada às entrevistas semiestruturadas com atores estratégicos do processo. Como principais resultados destaca-se que as cooperativas de leite surgiram em meados dos anos 1990 como uma forma de fortalecimento da agricultura familiar no mercado do leite, em franca expansão no período. No seu apogeu, em 2009 havia 27 cooperativas atuando na região Sudoeste do Paraná, número reduzido para 11 em 2016. Entre as explicações para a crise estão fatores relacionados à organização (planejamento e gestão) associado à concorrência com grandes empresas, o que resultou em dificuldades de fidelização dos associados.


Palavras-chave


Cooperativismo; Agricultura Familiar; Desenvolvimento Rural; Crise.

Texto completo:

PDF


INFORME GEPEC


e-ISSN: 1679-415X — ISSN: 1676-0670 (descontinuado em 2010)

Unioeste
Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Toledo
Informe Gepec- PGDRA
Rua da Faculdade, 645
Jardim La Salle - Toledo - Paraná
85903-000

[
revista.gepec@gmail.com ]