INTENSIDADE TECNOLÓGICA NA INDÚSTRIA E PIB PER CAPITA: UM ESTUDO DAS MESORREGIÕES SUL-BRASILEIRAS NO PERÍODO 2002-2012

Rafael Stefenon, Deise Maria Bourscheidt, Wilian Sandeski

Resumo

A estrutura produtiva de uma região importa em sua dinâmica de desenvolvimento econômico, sendo a indústria considerada o motor deste processo devido seus efeitos dinamizadores. Um destes efeitos refere-se à capacidade de o setor industrial incorporar e difundir progresso técnico através das diferentes inovações tecnológicas que ocorrem no interior das firmas e que se espalham para todo o sistema econômico. Neste contexto, este artigo discute a relação entre intensidade tecnológica na indústria e diferenciais de PIB per capita entre as mesorregiões dos estados da região Sul do Brasil no período 2002-2012. Os resultados apontam a existência de correlação positiva entre PIB per capita e participação industrial no PIB, sobretudo de atividades intensivas em tecnologia. A pesquisa mostra, também, que as mesorregiões Sul-brasileiras aumentaram no período a participação de atividades industriais de alta, média-alta e média baixa tecnologia em detrimento de atividades de baixa tecnologia.

Palavras-chave

Indústria; Tecnologia; Desenvolvimento Regional.

Texto completo:

PDF