GESTÃO DAS EMPRESAS CAFEEIRAS NO ESTADO DO PARANÁ

Antonio Bliska Júnior, Dimas Soares Júnior, Patrícia Helena Nogueira Turco, Flávia Maria de Mello Bliska

Resumo


A cafeicultura é relevante na oferta de ocupações e na formação da renda de um grande número de pequenos municípios do estado do Paraná. Para a sustentabilidade e competitividade da atividade cafeeira, é muito importante que as empresas baseiem suas atividades em sistemas de gestão acurados. Este estudo analisa o grau de gestão das empresas rurais cafeeiras paranaenses, o comportamento dos critérios de gestão nas principais regiões do Estado e identifica os indicadores de gestão que tem contribuído com maior peso para os níveis de gestão observados, visando orientar principalmente as atividades públicas e privadas voltadas à promoção do desenvolvimento local e regional. O estudo baseia-se na aplicação do Método de Identificação do Grau de Gestão – MIGG Café, estatísticas descritivas e análise de componentes principais. Os resultados, independentemente do tipo de café ou região do Paraná, apontam para um amplo potencial de crescimento das práticas de gestão.

Palavras-chave


Planejamento agrícola; Competitividade; Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF


INFORME GEPEC


e-ISSN: 1679-415X — ISSN: 1676-0670 (descontinuado em 2010)

Unioeste
Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Toledo
Informe Gepec- PGDRA
Rua da Faculdade, 645
Jardim La Salle - Toledo - Paraná
85903-000

[
revista.gepec@gmail.com ]