Indústria De Transformação: Localização E Emprego Formal Nos Estados Do Nordeste - 1998/2008

Luís Abel da Silva Filho, Silvana Nunes de Queiroz, Maria Alice Pestana de Aguiar Remy

Resumo

O presente artigo objetiva analisar a distribuição espacial da indústria de transformação e do emprego, segundo as UFs do Nordeste, entre 1998 e 2008. Metodologicamente a pesquisa é do tipo exploratória e faz uso de dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Os resultados indicam expressivo aumento no número de indústrias instaladas/abertas no Nordeste, entre 1998 e 2008, acompanhados da geração de empregos. Por sua vez, em 2008, os estabelecimentos industriais e as ocupações estão concentrados na Bahia, Ceará e Pernambuco, com destaque para a Bahia, pois dos quatorze setores que compõem a indústria de transformação, a UF baiana lidera a geração de empregos em nove ramos, e possui o maior número de indústrias instaladas em doze setores dessa atividade econômica.

Palavras-chave

Concentração Industrial; Emprego Formal; Nordeste

Texto completo:

PDF