Reversão Do Saldo Migratório Internacional Negativo Do Brasil? Evidências Preliminares Com Base Nos Dados Do Censo 2010

Marden Barbosa de Campos

Resumo


De país historicamente receptor de imigrantes internacionais, nas últimas décadas do século passado o Brasil passou a perder população para o resto do mundo. A análise dos primeiros dados divulgados do Censo 2010 sugere que esta situação pode estar revertendo-se. A partir da aplicação de técnicas indiretas de estimação aos dados dos censos 2000 e 2010, percebe-se que o saldo migratório internacional do Brasil situou-se, na década de 2000, em valores em torno de zero, podendo inclusive ter sido positivo no período. Isto pode ser consequência tanto da redução da emigração de indivíduos que residiam no País para o exterior, quanto do aumento do total de imigrantes internacionais. Como os dados referentes à migração e à cobertura censitária ainda não foram divulgados, as conclusões desse trabalho devem ser tomadas de forma preliminar. Contudo, há evidências de que a participação do Brasil no fenômeno das migrações internacionais é de uma região tanto de atração como de expulsão de população.

Palavras-chave


Migração Internacional, Técnicas de estimação, Censos Demográficos.

Texto completo:

PDF


INFORME GEPEC


e-ISSN: 1679-415X — ISSN: 1676-0670 (descontinuado em 2010)

Unioeste
Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Toledo
Informe Gepec- PGDRA
Rua da Faculdade, 645
Jardim La Salle - Toledo - Paraná
85903-000

[
revista.gepec@gmail.com ]