Metrópoles Brasileiras No Século 21: Evidências Do Censo Demográfico De 2010

Rosana Aparecida Baeninger, Roberta Guimarães Peres

Resumo


Este texto contempla a situação do crescimento da população urbana brasileira e suas novas formas de reorganização espacial. Busca-se acompanhar a evolução da população urbana no país desde os anos 1940 até 2010, destacando para o período 1970-2010 a configuração do crescimento metropolitano. O atual processo de urbanização apresenta especificidades regionais, contribuindo para que os aglomerados urbanos queiram sejam de caráter metropolitano ou não-metropolitano, se conformem se expandam e se consolidem; nesse contexto, as migrações passam a ter papel fundamental. Nesse cenário, as antigas regiões metropolitanas continuam como as maiores concentrações socio-espaciais e urbanas do país, distinguindo-se dos aglomerados metropolitanos recentes, bem como dos aglomerados urbanos não-metropolitanos.


Palavras-chave


urbanização; metropolização; migração.

Texto completo:

PDF


INFORME GEPEC


e-ISSN: 1679-415X — ISSN: 1676-0670 (descontinuado em 2010)

Unioeste
Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Toledo
Informe Gepec- PGDRA
Rua da Faculdade, 645
Jardim La Salle - Toledo - Paraná
85903-000

[
revista.gepec@gmail.com ]