A ALTERNÂNCIA DAS FORMAS PRONOMINAIS TE E LHE EM CARTAS PESSOAIS DO CEARÁ

Francisco Jardes Nobre de Araújo, Hebe Macedo de Carvalho

Resumo

Este estudo tem como objetivo analisar a alternância dos pronomes te e lhe com referência a 2ª pess sing em uso, nas cartas pessoais escritas no Ceará, durante o século XX, à luz dos pressupostos teórico-metodológicos da Sociolinguística Variacionista (LABOV, 1972,1994). A amostra a ser analisada é composta por 186 cartas pessoais. Busca-se investigar a atuação dos grupos de fatores linguísticos tempo verbal e posição do pronome em relação ao verbo na alternância das formas. Em seguida, são apresentados os resultados dessa alternância por remetentes das cartas, com o objetivo de refinar a análise e descrever a distribuição dessas formas por autor. Os dados analisados foram submetidos ao programa computacional GoldVarb X (SANKOFF; TAGLIAMONTE; SMITH, 2005) e indicam que a alternância te e lhe apresenta percentuais de uso bastante equilibrados quando se considera a análise do conjunto das cartas. Já na análise por remetente, os resultados demonstram que há autores que só usaram a forma te, autores que só usaram a forma lhe e autores que fazem a alternância te/lhe em sua escrita. 

Palavras-chave

Variação te/lhe; Cartas pessoais; Sociolinguística Variacionista.

Texto completo:

PDF