GÊNEROS TEXTUAIS E FERRAMENTAS DIDÁTICAS PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA

Elvira Lopes Nascimento

Resumo


Neste texto, mostramos que os processos de formação contínua de professores constituem um campo fértil para uma postura ativa na produção de conhecimento científico, uma vez que propiciam reflexões sobre as ações que têm lugar nos contextos da educação básica em escolas públicas. Diante disso, sublinhamos que as ações para a formação de professores em serviço consideram os significados que os atores dão às suas atividades no processo de ensino-aprendizagem da língua materna, os objetivos que buscam alcançar, os conteúdos que se propõem a ensinar; enfim, leva-se em conta a coerência e a eficácia de suas ações educacionais. Diante disso, olhamos para as atividades formativas como um trabalho conjunto de construção de conhecimentos pertinentes à didática da língua portuguesa e à transposição didática, e não como simples aplicação de conhecimentos já desenvolvidos na área.

Palavras-chave


Gêneros textuais; Ferramentas Didáticas; Ensino

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Línguas & Letras

 


e-ISSN: 1981-4755 — ISSN: 1517-7238

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Cascavel
Programa de Pós-Graduação em Letras 

Rua Universitária, 2069 - Jardim Universitário
Cascavel – Paraná - CEP: 85819-110

| revistalinguaseletras@gmail.com |