A FUNÇÃO FORMADORA DA LITERATURA

Ernani Mügge

Resumo

O presente artigo discute a função formadora da literatura, estabelecendo paralelos entre as teorias de Platão (428/427–348/347 a.C.), Aristóteles (384–322 a.C.), Antonio Candido (1918), Hans Robert Jauss (1921–1997) e Umberto Eco (1932) a respeito do tema. Busca examinar a função formadora como uma síntese de todas as outras funções atribuídas à literatura desde a Antiguidade Clássica até os dias atuais, pelo fato de convergirem para o mesmo ponto: a formação do homem a partir dos múltiplos elementos que compõem o objeto estético.

Palavras-chave

Literatura, função, formação, humanização

Texto completo:

PDF