DIAGNÓSTICO GEOAMBIENTAL EM NASCENTES: A IMPORTÂNCIA DO USO, MANEJO E CONSERVAÇÃO

Maristela Moresco Mezzomo, Morgana Suzek Gonçalves, Edgar L. Balestri, Santiago Pereira Neto, Natália P. Stier, Vinícius de Oliveira Lima, Letícia Braga da Silva

Resumo

Este artigo apresenta os resultados de dois projetos de extensão desenvolvidos de forma integrada por professores e alunos do curso de Engenharia Ambiental da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), câmpus Campo Mourão-PR. Os objetivos dos projetos foram diagnosticar problemas em relação ao solo e a água de três nascentes do rio do Campo localizadas no distrito de Piquirivaí, pertencente ao município de Campo Mourão-PR. Uma destas nascentes é responsável por abastecer a área urbana do distrito, enquanto que o rio é a principal fonte de abastecimento de água da área urbana do município. As atividades dos projetos envolveram caracterização do meio físico e antrópico, trabalhos de campo para realização de entrevistas, levantamento de problemas ambientais e registro fotográfico, coleta e análise de água, confecção de materiais cartográficos e de folder educativo e palestras. Os resultados obtidos com o desenvolvimento dos dois projetos são apresentados em três partes: situação geoambiental, perfil socioeconômico e ambiental e socialização do conhecimento. Destaca-seque o distrito apresenta significativos problemas de erosão linear, os quais têm promovido problemas na nascente que abastece o mesmo, carecendo de obras de infraestrutura para captação das águas pluviais, bem como de ações de manejo que contemplem o uso conservacionista do solo.

Palavras-chave

Extensão; Planejamento; Uso e Conservação.

Texto completo:

PDF