Migração e Identidade: o Caso da Igreja Luterana no Oeste do Paraná

Jean Carlos Berwaldt, Tarcísio Vanderlinde

Resumo

O artigo tem como intuito discutir a migração luterana inicial para o Brasil e a posterior expansão dos fluxos migratórios, principalmente dos grupos que se dirigem desde o Estado do Rio Grande do Sul para o Oeste do Paraná. No período dos movimentos migratórios para o Oeste do Paraná emerge aIgreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), que a partir dos Sínodos históricos manifesta-se com uma identidade peculiar no âmbito de sua missão para o Brasil. Embora existam outras igrejas luteranas, o foco do artigo se volta para a história da IECLB. Com relação aos procedimentos metodológicos adotou-se a pesquisa exploratória descritiva sobre o tema a partir de literatura específica e periódicos, além de outros documentos disponibilizados em sites da internet. Os aspectos identitários das comunidades luteranas se afirmam e se reconstroem ligadas aos movimentos migratórios. As companhias que colonizaram a região, estiveram atentas às peculiaridades culturais, religiosas e étnicas dos clientes agricultores para os quais vendiam as terras.

Palavras-chave

IECLB; Migrações; Identidade; Agricultura.

Texto completo:

PDF