Atualização do Mapa de Solos na Bacia do Paraná 3: Estudo de Caso das Sub-bacias Hidrográficas dos Rios São Francisco Verdadeiro e São Francisco Falso

Bruno Aparecido da Silva, Marcia Regina Calegari

Resumo

A ausência de mapas de solos detalhados na região Oeste do Paraná tem inviabilizado o avanço de pesquisas acadêmicas, assim como o planejamento voltado à conservação e manejo de solos. Uma alternativa viável e eficiente tem se estabelecido nas últimas décadas, a utilização de índices geomorfométricos oriundos de Modelos Digitais de Elevação (MDE). Diante desse cenário, o objetivo deste trabalho foi elaborar o mapa de solos das bacias hidrográficas dos rios São Francisco Verdadeiro e São Francisco Falso, a partir de parâmetros morfométricos do terreno. Com isso, avançar na escala de publicação do mapeamento existente (1:250.000) e subsidiar a investigação de doutorado sobre a aloctonia dos Latossolos na região em questão. Foram sistematizados dados de declividade e índices de capacidade de transporte de sedimentos e topográfico de umidade, em seguida prosseguiu-se com a álgebra entre estes parâmetros em Sistema de Informações Geográficas (SIG). Quatro (04) unidades de mapeamento foram definidas: Latossolos Vermelhos (LVf), Nitossolos Vermelhos (NVf), Neossolos Regolíticos+Cambissolos Háplicos+Neossolos Litólicos (RR+CX+RL) e Gleissolos Háplicos+Neossolos Flúvicos (GX+RY). Os resultados demonstraram a influência do relevo na distribuição dos solos, refletidos pela distribuição das classes dos parâmetros morfométricos, e a eficácia dos parâmetros morfométricos na atualização do mapa de solo.

Palavras-chave

índices geomorfométricos; solo-relevo; Bacia do Paraná 3

Texto completo:

PDF