A importância do município do Rio de Janeiro na territorialidade da indústria audiovisual brasileira

Marcus Vinícius Albrecht Anversa

Resumo


Neste trabalho analisaremos como se encontra a indústria do audiovisual em sua hodierna disposição e configuração no território do Município do Rio de Janeiro. A sua concentração e centralidade no espaço carioca se apresenta geograficamente contraditória, pois não se estabeleceu no centro de poder econômico e publicitário, a cidade de São Paulo, ou político, como é o caso de Brasília. Mostraremos o papel original da centralidade ocupada pela cidade do Rio de Janeiro, constatado em análise qualitativa, como a maior produtora de audiovisuais de ficção cinematográfica e televisiva. Investigaremos as condicionantes de poder que resultaram na sua atual distribuição que favoreceu o Rio de Janeiro e proporcionou ser uma de suas maiores vocações econômicas. O poder econômico e sua concentração balizaram os estudos das políticas do audiovisual implementados em território carioca.

Palavras-chave


Indústrias do Audiovisual; Economia do Audiovisual; Geografia do Audiovisual; Televisão; Cinema; Município do Rio de Janeiro

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Perspectiva Geográfica

 


e-ISSN: 1981-4801

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Marechal Cândido Rondon
Curso de Graduação e Pós-Graduação em Geografia
Rua Pernambuco, 1777 - Centro
Marechal Cândido Rondon – Paraná - CEP: 85960-000

| revista.pgeografica@unioeste.br |