Paisagem na perspectiva integrada: alguns apontamentos

Maristela Moresco Mezzomo, Maria Teresa de Nóbrega

Resumo

O conceito de paisagem tem variado ao longo da história, tanto na ciência geográfica como em outros ramos científicos. Na Geografia, esta variação conceitual é proveniente do processo histórico-evolutivo da ciência e da opção teóricometodológica de seus pesquisadores. Entre as várias linhas de pesquisa que têm a
paisagem como objeto de estudo, destaca-se aqui a perspectiva que considera a paisagem de forma integrada. Esta forma de concepção busca o entendimento da estrutura, da evolução e da dinâmica da paisagem como forma de compreensão das relações ente homem e natureza. Assim, tendo como base os estudos de diferentes autores da Geografia, o objetivo deste artigo é fazer alguns apontamentos sobre as noções teóricas e implicações metodológicas que influenciaram na construção de concepções de paisagem. A necessidade de ampliação de pesquisas que adotem esta forma de compreensão é a motivação para o artigo, pois os estudos que consideram o conjunto de relações da paisagem possibilitam o reconhecimento e a avaliação de potencialidades e/ou fragilidades naturais diante das ações antrópicas. Conseqüentemente, este conhecimento viabiliza um melhor planejamento de usos e ocupações com menor degradação ambiental.

Palavras-chave

Paisagem; Perspectiva integrada; Planejamento

Texto completo:

PDF