Relação entre o sombreamento, o crescimento e a qualidade de mudas de craibeira

Rosilvam Ramos Souza, Antonio Lucineudo Oliveira Freire

Resumo

Este estudo teve como objeto avaliar o crescimento e a qualidade de mudas de craibeira em função da intensidade luminosa. O experimento foi distribuído em delineamento inteiramente casualizado, avaliando-se três níveis de sombreamento (0% - pleno sol, 50% e 70%), com quatro repetições, e dez plantas por repetição. As plantas cresceram em sacos plásticos, contendo 5 L de substrato. Foram avaliadas: altura das plantas; diâmetro do caule; razão altura/diâmetro; taxa de crescimento absoluto; peso da matéria seca das raízes, do caule, das folhas e da parte aérea; área foliar específica e índice de qualidade de Dickson. As plantas submetidas a 50% de sombreamento apresentaram as maiores médias dos parâmetros crescimento, área foliar e qualidade de mudas, enquanto que o sombreamento a 70% promoveu redução no acúmulo de massa seca em todos os compartimentos das plantas analisados. Nesse caso, não se recomenda níveis acima de 50% de sombreamento por favorecer o estiolamento das mudas, sendo estas, de baixa qualidade.

Palavras-chave

luz; qualidade de mudas; restrição luminosa

Texto completo:

PDF