Positivismo em família: o projeto pedagógico de Carlos Torres Gonçalves

Paulo Pezat

Resumo

O sistema filosófico elaborado por Auguste Comte apresenta uma natureza essencialmente pedagógica, visto que propõe uma “regeneração” da humanidade. O projeto pedagógico comtiano atribui à mulher e à família o papel de formar uma nova humanidade e divide a educação de crianças e de jovens em sucessivos períodos de sete anos. Adepto da Religião da Humanidade, vertente ortodoxa do positivismo, o engenheiro civil e funcionário público gaúcho Carlos Torres Gonçalves (1875-1974) escolheu sua noiva, realizou seu matrimônio e educou os seis filhos dele resultantes procurando sempre se manter fiel aos postulados de Comte, em uma inusitada tentativa de levar o positivismo para a esfera da vida privada.

Palavras-chave

Positivismo; Religião; Pedagogia; Família.

Texto completo:

PDF