Vivências relacionadas à música na Educação Infantil: reflexões teóricas e metodológicas a partir da teoria Histórico-cultural

Adélia Mara Schmitt Aguiar, Elvenice Tatiana Zoia

Resumo

Este estudo originou-se da vivência em um Centro Municipal de Educação Infantil, onde percebeu-se que o trabalho com a música, como forma de contribuição para o desenvolvimento das funções psíquicas superiores da criança, é pouco valorizado e explorado, pois utiliza-se muito de músicas do cotidiano infantil, porém com pouca finalidade cultural. Assim, os objetivos são discutir quais são as contribuições da música para o desenvolvimento infantil na perspectiva da Teoria Histórico-Cultural, com propostas de intervenções pedagógicas presentes nas atividades que envolvem o projeto analisado, denominado de SARAU, e refletir sobre como tais experiências podem contribuir para o desenvolvimento das funções psíquicas superiores das crianças. Para tanto, são abordados alguns aspectos históricos da Educação Infantil no Brasil, o processo de periodização do desenvolvimento infantil e as vivências musicais, especificamente no que tange ao projeto denominado de SARAU. O trabalho finaliza discutindo sobre a inserção de projetos voltados para a apreciação cultural da música, os quais podem ser vistos como recursos complementares que auxiliam na valorização musical e artística, presentes nas instituições escolares, em destaque as de Educação Infantil. Projetos com este intuito podem, além de proporcionar a aproximação com o mundo musical, cultural e social, contribuir para o desenvolvimento integral da criança.

Palavras-chave

Educação Infantil. Vivências musicais. Teoria Histórico-Cultural.

Texto completo:

PDF