Formação continuada de professores: desafios das práticas docentes em face das tecnologias digitais da informação e comunicação

Maria Cláudia Maquêa Rocha Mattia, Vera Maquêa

Resumo

Este artigo apresenta uma abordagem dos desafios colocados à profissão docente pelo desenvolvimento tecnológico, num mundo de mudanças rápidas e radicais no campo do conhecimento, sua produção, ensino, divulgação e aplicação das novas tecnologias. Nosso objetivo é contribuir para uma melhor compreensão dos diálogos que se estabelecem a partir do uso dessas tecnologias e da formação de professores como um processo contínuo e necessário. Nessa propositura, valemo-nos do pensamento de alguns autores que apresentam análise crítica sobre a formação continuada de professores em relação às TDIC nas escolas brasileiras, a partir das ideias de Freire (1981, 2015), Silva (2009), Kenski (2012), Libâneo (2001), dentre outros teóricos, em que se verificam avanços e limites na educação nacional.

Palavras-chave

Formação continuada. Identidade docente. TDIC.

Texto completo:

PDF

Referências

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 9. ed., Rio de Janeiro. Editora Paz e Terra. 1981.

_______. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 52. ed.; Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2015.

KENSKI, Vani Moreira. Educação e tecnologias: O novo ritmo da Informação. 8. ed., Campinas-SP. Papirus, 2012. (Coleção Papirus Educação).

LIBÂNEO, J. C. Organização e gestão escolar: teoria e prática. 1. ed., Editora Alternativa, 2001.

SILVA, Marilda da. Complexidade da formação de profissionais: saberes teóricos e saberes práticos. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009.