ENTIDADES RURAIS PATRONAIS DO OESTE DO PARANÁ E O I PNRA

Irene Spies Adamy

Resumo

A disputa em torno do projeto de reforma agrária na Assembleia Nacional Constituinte foi marcada pela atuação de entidades representativas da classe dominante agrária, que tiveram na União Democrática Ruralista sua expressão nacional. Atuando tanto ao nível da sociedade civil quanto no âmbito da sociedade política, e por vezes fazendo uso da violência, conseguiram garantir a manutenção de seus privilégios e, salvo em alguns aspectos específicos, mantiveram intocado o direito de propriedade da terra no Brasil.

Palavras-chave

terra, poder, hegemonia.

Texto completo:

PDF