DA TENTATIVA DE SER HUMANO - Substrato histórico de O QUINZE

Ana Lúcia Branco

Resumo

Pensando em O Quinze (1930), de Rachel de Queiroz, não como objeto autônomo, e sim como meio de representação estética formal de uma matéria brasileira específica, procuro rastrear um teor de verdade social a partir de um corte sincrônico referente ao contexto histórico-literário da obra, o “Regionalismo Nordestino” enquanto vertente estética que procurou dar nova visibilidade e dizibilidade aos dramas da realidade brasileira.


 

Palavras-chave

O Quinze; Regionalismo; social.

Texto completo:

PDF