POLÍTICAS PÚBLICAS NO URUGUAI EM TEMPOS DE MUJICA – O IMPACTO DA LEGALIZAÇÃO DO ABORTO E DA MACONHA SOBRE A MÍDIA DIGITAL BRASILEIRA

Dércio Fernando Moraes Ferrari, Geraldo Magella Neres

Resumo


Este artigo visa analisar o impacto de algumas políticas públicas adotadas durante a gestão de José Mujica, no Uruguai, sobre o a mídia digital brasileira, enfatizando a descriminalização do aborto e a regulamentação da maconha. A onda de medidas liberais iniciadas por Mujica no atual governo teve repercussão mundial, sobretudo com a aprovação das leis nº 18.987, de 22 de outubro de 2012 (lei do aborto), e nº 19.172, de 06 de maio de 2014 (lei da maconha). Consequentemente, é neste ponto que o presente trabalho se concentra, analisando a repercussão dos dois projetos de leis na mídia brasileira e sua influência sobre o movimento de ativistas. Os poucos dados referentes ao primeiro balanço de tais medidas são positivos, observando-se que, no caso do aborto, os dados divulgados pelo governo em 2014 indicam que não houve nenhuma morte decorrente do processo no serviço de atendimento público. No tocante ao caso da legalização da maconha, não existem dados disponíveis, pois a lei só começará a ser aplicada a partir do ano que vem.

Palavras-chave


Uruguai; Políticas Públicas; Regulamentação da maconha; Aborto.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Tempo da Ciência



e-ISSN: 1981-4798 — ISSN: 1414-3089

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Toledo
Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

Rua da Faculdade, 645 — Jardim La Salle
CEP: 85903-000 — Toledo-Paraná-Brasil

| revistatempodaciencia@yahoo.com.br |