Estrutura e ação nas ciências sociais: Um debate preliminar em Marx, Weber, Durkheim, Bourdieu, Giddens, Anselm Strauss e Norbert Elias

Alessandro André Leme

Resumo

O propósito deste paper é a realização de um debate (preliminar) sobre o embate entre estrutura e ação que historicamente marcou e ainda continua a influenciar as discussões dentro das ciências sociais, especialmente, no campo da teoria social. Ao discutirmos as teorias centradas na estrutura e as teorias centradas na ação,além de nos darem um panorama histórico do movimento teórico-metodológico realizado pelas Ciências Sociais, ainda, nos dá condições de indagarmos como a alteridade (a relação com o outro) se insere tanto nas primeiras, quanto nas segundas. Ainda temos por decorrência uma inquietação sobre a validade ou não das produções de tais teorias mediante aos “novos” acontecimentos e ordenamentos sociais que estamos vivenciando com os avanços informacionais/tecnológicos e na genética. Será que tais avanços também nos trazem a necessidade de redefinição da própria teoria social ou ainda não temos condições de a faze-la (este aspecto não será central no trabalho, porém não é menos importante por isso, é apenas um fator decorrente da escolha que fizemos). Para tal, reverberamos sobre alguns autores clássicos e alguns contemporâneos que achamos relevante para essa discussão na tentativa de evidenciarmos as especificidades e os avanços alcançados nesse campo do saber.

Palavras-chave

Estrutura, Ação, Teoria Sociológica.

Texto completo:

PDF