El laberinto de la guerra: Tres derivas hobbesianas

Omar Astorga

Resumo

Neste artigo o autor pretende mostrar que três posições políticas se juntam em sua aproximação parcial ou total a obra de Hobbes. De um lado, o liberalismo que se encontra na linha que vai de Locke a Kant, e que se alimenta, de diversas maneiras, do pensamento de Hobbes. Por outro, o decisionismo que Schmitt funda diretamente no contexto e na imagem do Leviatã. E, finalmente, a fundamentação hobbesiana que encontramos no neomarxismo de Negri. Nos três casos pretende-se mostrar, como, por diversas vias, se prolonga a influência da filosofia de Hobbes, especialmente através da idéia de guerra.

Palavras-chave

Liberalismo, decisionismo, neomarxismo, Hobbes, guerra

Texto completo:

PDF