Pluriatividade rural e residência urbana no Oeste do Paraná

Silvio Antonio Colognese, Jhonny Oli Devens

Resumo

O trabalho apresenta um caso de pluriatividade na agricultura familiar, combinada com a mudança do local de domicilio destas famílias do meio rural para o meio urbano. A caracterização deste fenômeno como um caso de pluriatividade se justifica uma vez que esta mudança do local de domicilio, acompanhada pela diversificação das atividades produtivas, é assumida conjuntamente pelos membros das famílias destes pequenos agricultores. Esta estratégia permite a continuidade da atividade agrícola combinada com o desenvolvimento de outras atividades
produtivas tanto dentro quanto fora do meio rural. Esta modalidade de pluriatividade é entendida como uma estratégia intermediária na trajetória destes pequenos agricultores, na passagem da vida rural para a vida urbana. Por isso, a mudança do local de domicilio para o meio urbano é definitiva. Já a mudança das atividades produtivas é lenta e gradual. Apenas após a morte do chefe destas famílias de agricultores, quando os filhos não assumem a continuidade do cultivo agrícola, é que a propriedade das terras é vendida. Isto sugere a continuidade no processo de concentração da propriedade da terra no Oeste Paranaense (Região estudada) e a diminuição gradativa da ocorrência da agricultura familiar neste contexto.

Palavras-chave

pluriatividade; agricultura familiar; domicílio urbano.

Texto completo:

PDF