Representações da violência na fronteira: um estudo a partir de municípios da Grande Dourados, MS

André Luiz Faisting, Wender Milani Viegas Carbonari

Resumo


O artigo apresenta parte dos resultados de uma pesquisa em desenvolvimento que tem como principal objetivo compreender as diferentes representações sociais da violência, da segurança e da fronteira na região da Grande Dourados, localizada no sul de Mato Grosso do Sul. Pretende compreender, via representações sociais da violência, a articulação dos problemas característicos da fronteira às políticas públicas pensadas e desenvolvidas nessa região. A pesquisa está sendo realizada em dez municípios por meio de entrevistas com diferentes agentes que atuam nessa região, e tem constatado que, embora a violência se constitua numa realidade que atinge a sociedade como um todo, na região da Grande Dourados há uma especificidade marcada pela relação diferença/identidade em suas múltiplas conexões com as representações sociais da violência.

Palavras-chave


Fronteiras; violência; representações sociais; Grande Dourados.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Revista Tempo da Ciência



e-ISSN: 1981-4798 — ISSN: 1414-3089

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Campus de Toledo
Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

Rua da Faculdade, 645 — Jardim La Salle
CEP: 85903-000 — Toledo-Paraná-Brasil

| revistatempodaciencia@yahoo.com.br |