Mulher, História, Imprensa e Constituinte: uma análise do jornal O Estado do Paraná

Gustavo Biasoli Alves, Sandra Mônica Winkelmann

Resumo

O estudo sobre o papel que os meios de comunicação de massa
desempenham na sociedade é recorrente. A pesquisa que abordou a Assembléia Nacional Constituinte no jornal O Estado do Paraná investigou o comportamento da imprensa. A Carta da Mulher Brasileira aos Constituintes de 1988 é documento redigido pelas mulheres, movimento e sujeito social de crucial importância e força no período. Pesquisou-se como o texto constrói a mulher como agente histórico e social frente à Constituinte, as articulações tecidas em torno dos temas inerentes ao período, os sujeitos com os quais o movimento feminista buscou interagir e a hegemonia tencionada. Há uma tentativa de contemporanizar e regionalizar esta discussão.

Palavras-chave

Mulher; Constituinte; Imprensa

Texto completo:

PDF